segunda-feira, 28 de novembro de 2016

Adiquire a Verdade - Pastor Silvano Doblinski


Esboço da Pregação Ministrada pelo Pr. Presidente Silvano Doblinski no Culto de Santa Ceia da ADJabaquara de Agosto (11/08/2012)

Introdução.- O livro de Provérbios começa assim: “Provérbios de Salomão”. Ele foi um grande rei, famoso por seu saber e sua riqueza. Compôs 3.000 provérbios e 1.005 cânticos. Salomão estava qualificado de modo especial para escrever este livro. Deus lhe havia dado Sabedoria, grandíssimo entendimento e larga inteligência como a areia que está na praia do mar.
- Salomão foi o homem mais sábio da terra.
I Rs. 3.12: Eis que fiz segundo as tuas palavras, eis que te dei um coração tão sábio e entendido, que antes de ti teu igual não houve, e depois de ti teu igual se não levantará.
- Não teve antes e nem depois um homem tão sábio como Salomão.
- Neste capítulo Salomão está discursando sobre vários assuntos morais.
- Numa outra versão este versículo está assim: “Adquire a verdade e não a vendas: A sabedoria, a correção e o saber”.
- A palavra comprar aqui não está no sentido de pagar um valor monetário pela verdade.
- Mas no sentido de adquirir, de se obter a verdade com um esforço pessoal e dedicação.
- Aqui diz: “E não a vendas”.
- Não desfaça dessa verdade; não negocie essa verdade; não troque essa verdade por nada.
Pv. 2.7,8: Ele reserva a verdadeira sabedoria para os retos; escudo é para os que caminham na sinceridade.
      Para que guarde as veredas do juízo, e equidade, e todas as boas veredas.
- Como é importante guardar a verdade.
I- Encontramos a Palavra Verdade nas Escrituras Como Substantivo.
1-A Bíblia diz que Deus é a Verdade.
Dt. 32.4: Ele é a Rocha cuja obra é perfeita, porque todos os seus caminhos juízo são; Deus é a verdade, e não há nele injustiça; justo e reto é.
- A verdade é uma característica moral e pessoal de Deus.
Sl. 25.5: Guia-me na tua verdade e ensina-me, pois tu és o Deus da minha salvação; por ti estou esperando todo o dia.
2- A Bíblia diz que Jesus é a verdade.
Jo. 14.6: Disse-lhe Jesus: Eu sou o caminho, e a verdade, e a vida. Ninguém vem ao Pai senão por mim.
- Jesus como a Verdade chocou os religiosos da época.
- Jesus é a Verdade de Deus que se tornou carne.
Jo. 8.32: E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará.
- A Bíblia diz que o Diabo é o pai da mentira.
I Jo. 3.8: Quem comete o pecado é do diabo, porque o diabo peca desde o principio. Para isto o Filho de Deus se manifestou: para desfazer as obras do diabo.
3- A Bíblia diz que o Espírito Santo é a verdade.
Jo. 16.13: Mas, quando vier aquele Espírito da verdade, ele vos guiará em toda a verdade, porque não falará de si mesmo, mas dirá tudo o que tiver ouvido e vos anunciará o que há de vir.
- O Espírito Santo guia o crente em toda a verdade.
I Jo. 5.6: Este é aquele que veio por água e sangue, isto é, Jesus Cristo; não só por água, mas por água e por sangue. E o Espírito é o que testifica, porque o Espírito é a verdade.
4- A Bíblia diz que a Palavra de Deus é a verdade.
Jo. 17.17: Santifica-os na verdade; a tua palavra é a verdade.
Sl. 119.151: Tu estás perto, ó Senhor, e todos os teus mandamentos são a verdade.
- A Palavra de Deus se opõe a toda mentira.
- Amados a verdade santifica o crente.
Jo. 17.19: E por eles me santifico a mim mesmo, para que também eles sejam santificados na verdade.
II- Encontramos a Palavra Verdade na Bíblia Como Predicado.
Ef. 4.25: Pelo que deixai a mentira e falai a verdade cada um com o seu próximo; porque somos membros uns dos outros.
- O crente tem que ter a verdade como uma virtude em sua vida.
- A verdade na vida do crente tem que ser uma coisa normal, da sua índole como filho de Deus.
Ef. 6.14: Estai, pois, firmes, tendo cingidos os vossos lombos com a verdade, e vestida a couraça da justiça.
II Co. 13.8: Porque nada podemos contra a verdade, senão pela verdade.
- A verdade sempre será vencedora em tudo.

domingo, 27 de novembro de 2016

Na cruz Ele disse...

Sete palavras que perduram para eternidade..............
1 - Perdão . Pai perdo-lhes ; porque não sabem o que fazem.
2 - Abertura no céu . Em verdade te digo que hojes estará comigo
3 - Amor e Proteção . Mulher eis o teu filho....
4 - Substituição . Deus meu...Deus meu pq me desamparastes?
5 - Sede de redenção...Tenho sede
6 - consumação da redenção : Tudo esta consumado
7 - entrega ao Pai : Pai..Nas tuas maõs entrego o Meu Espírito.

A Necessidade de Um Cristianismo Autêntico - Autor Pr. Silvano Doblinski

Ministrado no Culto de Doutrina ADJabaquara do Dia 09/08/2011  
Mt. 5.17-48                                                                         
                                                                           
Int.- Esses versículos que nós lemos, é uma parte do sermão da montanha; o sermão mais importante que Jesus proferiu no Seu ministério terreno.
      Neste sermão Jesus ensina como o filho de Deus deve proceder na sua vida para ser abençoado; Jesus ensina as leis do Reino de Deus, que são diferentes das leis do homem natural.
      As leis do homem natural, são leis baseadas na racionalidade, em conformidade com a lei da reciprocidade; aquilo que você me faz, eu também te faço.
      Mas as leis do Reino de Deus, são baseadas no amor, no perdão e na misericórdia; que são totalmente diferentes das leis do homem natural.
V.20- Jesus mostra que a nossa justiça deve exceder a dos escribas e fariseus, porque senão não entraremos no Reino dos céus.
- Fariseu era uma seita judaica que insistia no cumprimento rigoroso da lei.
- Escribas eram os chamados doutores da lei, ou interpretes da lei.
- Eles aparentavam uma certa religiosidade, uma certa fachada; exigiam até mesmo aquilo que não praticavam, mas o que faziam não era baseado no amor a Deus e nem em amor ao próximo.
- Por isso Jesus pediu que fôssemos melhores que os escribas e fariseus.
I- As Características do Verdadeiro Cristão.
      Para sermos plenamente abençoados por Deus, precisamos viver um cristianismo autêntico.
      Não podemos viver uma fachada de cristão só para inglês ver.
- Ou somos cristãos verdadeiros e completos ou não somos.
- Não existe meio cristão.
- Quem nos abençoa por aquilo que somos é Deus e não o homem.
- Podemos até mostrar uma fachada bonita para os homens verem. Mas o mais importante é o que Deus vê em nós.
Mt. 7.20- Portanto, pelos seus frutos os conhecereis.
- Jesus está dizendo aqui que o crente é conhecido pelo seu fruto.
- Hoje no meio evangélico está havendo uma inversão de valores; as pessoas estão valorizando mais os dons do que os frutos; mais os dons do que o caráter.

Mt. 7.21-23- Nem todo o que me diz: Senhor, Senhor! Entrará no Reino dos céus, mas aquele que faz a vontade de meu Pai, que está nos céus.
      Muitos me dirão naquele Dia: Senhor, Senhor, não profetizamos nós em teu nome? E, em teu nome, não expulsamos demônios? E, em teu nome, não fizemos muitas maravilhas?
      E, então lhes direi abertamente: Nunca vos conheci; apartai-vos de mim, vós que praticais a iniqüidade.
- O cristianismo deve ser vivido com toda a seriedade, e em toda a sua plenitude.
- Temos que praticar toda a Palavra de Deus; e não somente aquelas partes que gostamos.
- Temos que ser o mesmo cristão em todo o lugar e em todo o tempo.
- Não somente aqui na Igreja, na hora do culto.
- Deus conhece toda a nossa vida, e aquilo que está em nosso coração.
- Podemos até enganar o homem, mas a Deus não tem como enganar.
- Muitos cristãos não são plenamente abençoados porque vivem uma vida dupla.
- Deus exige exclusividade nossa em servi-lo para nos abençoar.
- Não podemos estar com um pé na igreja e outro no mundo.
- Ou amamos a Deus e aborrecemos o mundo.
- Ou amamos o mundo e aborrecemos a Deus.
I Jo. 2.15-17- Não ameis o mundo, nem o que no mundo há. Se alguém ama o mundo, o amor do Pai não está nele.
      Porque tudo o que há no mundo, a concupiscência da carne, a concupiscência dos olhos e a soberba da vida, não é do Pai, mas do mundo.
      E o mundo passa, e a sua concupiscência; mas aquele que faz a vontade de Deus permanece para sempre.
- Deus não abre mão que nós vivamos os seus princípios.
- Não podemos ser piedosos aqui dentro e mentirosos lá fora.
- Não podemos ser de oração aqui dentro e falarmos maus dos outros lá fora.
- Não podemos falar em línguas estranhas aqui dentro e sermos desonestos lá fora.
- Não conseguiremos as bênçãos de Deus, pelo simples fato de freqüentarmos os cultos da igreja.
- Como desencargo de consciência; como cumprindo a nossa parte.
- O que conta para Deus é como somos como cristãos no dia a dia.
- Não tem como enganar a Deus.
- Sendo um briguento lá fora e um santinho aqui dentro.
- O nosso culto é aceito por Deus, por aquilo que fazemos e por aquilo que somos.
Exemplo: Temos o exemplo da oferta trazida por Caim e outra por Abel.
Hb. 11.4- Pela fé, Abel ofereceu a Deus maior sacrifício do que Caim, pelo qual alcançou testemunho de que era justo, dando Deus testemunho dos seus dons, e, por ela, depois de morto, ainda fala.
I Jo. 3.12- Não como Caim, que era do maligno e matou a seu irmão. E por que causa o matou? Porque as suas obras eram más, e as de seu irmão, justas.
- A diferença entre Caim e Abel estava nas obras, naquilo que eles faziam.
- A oferta de Caim era bonita, mas não foi nisto que Deus olhou.
- Como servos de Deus, nós devemos vigiar e nos cuidarmos muito, para não sermos como os fariseus.
- E outra coisa importante: Não podemos julgar e nem medir o cristianismo dos outros; cada um deve cuidar do seu cristianismo, que já é muito difícil.
Mt. 7.1-5- Não julgueis, para que não sejais julgados, porque com o juízo com que julgardes sereis julgados, e com a medida com que tiverdes medido vos hão de medir a vós.
      E por que reparas tu no argueiro que está no olho do teu irmão e não vês a trave que está no teu olho?
      Ou como dirás a teu irmão: Deixa-me tirar o argueiro do teu olho, estando uma trave no teu?
      Hipócrita, tira primeiro a trave do teu olho e, então, cuidarás em tirar o argueiro do olho do teu irmão.
II- O Segredo de Alcançarmos as Bênçãos de Deus.
      O grande desejo de cada cristão é ser abençoado por Deus.
      E para isso muitos cristãos fazem campanhas; vão atrás de grandes pregadores; procuram esses segredo em muitos livros; procuram uma igreja onde a benção está sendo derramada.
- Mas o Evangelho é simples.
- O cristianismo é muito claro.
- Se nós agradarmos a Deus, a Sua benção será derramada sobre nós.
Ef. 5.17- Pelo que não sejais insensatos, mas entendei qual seja a vontade do Senhor.
- A vontade de Deus é que nós pratiquemos a Sua Palavra e vivamos os Seus princípios.
Tg. 1.21,22- Pelo que, rejeitando toda imundícia e acúmulo de malícia, recebei com mansidão a palavra em vós enxertada, a qual pode salvar a vossa alma.
      E sede cumpridores da palavra e não somente ouvintes, enganando-vos com falsos discursos.
- Muitas vezes passamos a vida toda apanhando para aprendemos como ser abençoados.
- Muitas vezes seguimos conselhos errados; de pessoas fracassadas.
-As vezes pensamos que é complicado recebermos bênçãos.
- Mas a palavra chave da benção: é obediência.
- Obedecer é abrir mão do desejo da tua carne, para fazer a vontade de Deus.
- Obedecer é abrir mão dos teus sentimentos, para receber os sentimentos de Deus.
- Obedecer é renunciar a si mesmo, e seguir a Jesus.
- Um dos versículos que eu mais gosto.
Nee. 8.10- Disse-lhes mais: Ide, e comei as gorduras, e bebei as doçuras, e enviai porções aos que não têm nada preparado para si; porque esse dia é consagrado ao nosso Senhor; portanto, não vos entristeçais, porque a alegria do Senhor é a vossa força.
- A alegria do Senhor é a vossa força.
- Quando Deus se alegra você é abençoado.
- E quando Deus se alegra?
- Quando você faz a Sua vontade?
- Quando você vive os Seus princípios.
Conclusão: Quando somos cristãos verdadeiros e autênticos, não tem como Deus não nos abençoar. Deus é fiel a Sua Palavra. Deus simplesmente cumpre a Sua Palavra. O nosso grande desafio nos dias modernos, é o de ser um verdadeiro servo de Deus. Tudo a nossa volta conspira contra nós, para não vivermos os princípios de Deus. Mas aceitamos o desafio, e Deus nos ajudará, nos dando da Sua graça.

A Noite de Hoje Determina o Sol do Amanhã - Autor Pr. Julio Sena

Atos 20. 5 – 14: Estes, indo adiante, nos esperaram em Trôade. E, depois dos dias dos pães ázimos, navegamos de Filipos, e em cinco dias fomos ter com eles a Trôade, onde estivemos sete dias. E no primeiro dia da semana, ajuntando-se os discípulos para partir o pão, Paulo, que havia de partir no dia seguinte, falava com eles; e prolongou a prática até à meia-noite. E havia muitas luzes no cenáculo onde estavam juntos. E, estando um certo jovem, por nome Êutico, assentado numa janela, caiu do terceiro andar, tomado de um sono profundo que lhe sobreveio durante o extenso discurso de Paulo; e foi levantado morto. Paulo, porém, descendo, inclinou-se sobre ele e, abraçando-o, disse: Não vos perturbeis, que a sua alma nele está. E subindo, e partindo o pão, e comendo, ainda lhes falou largamente até à alvorada; e assim partiu. E levaram vivo o jovem, e ficaram não pouco consolados. Nós, porém, subindo ao navio, navegamos até Assós, onde devíamos receber a Paulo, porque assim o ordenara, indo ele por terra. E, logo que se ajuntou conosco em Assós, o recebemos, e fomos a Mitilene.”

A  noite de hoje, determinara o sol do amanhã....
Em Trôade, estava acontecendo uma EBOM, e o preletor era Paulo.
Estavam reunidos cerca de 200 a 300 pessoas. Era domingo, o dia do Senhor, tanto de sua ressurreição, quanto da criação de Deus em Genesis 1-5. E foi a tarde e manhã o dia primeiro. Era domingo, O partir do pão a Ceia, a morte, a ressurreição, a comunhão
Koinonia, comunhão, a fé, a palavra pregada.

Estava na janela um jovem Eutico que adormeceu e caiu do 3º andar.
A psicopedagogia nos leva a esta janela em nosso interior.
Abre-se um janela em nosso sistema que quer nos chamar atenção, e ficamos olhando, para tudo q passa por esta janela...." A ver navios"....
sem olhar na direção certa, ora para um lado, ora para outro,
NEM QUENTE NEM FRIO.......Morno..a ponto de ser vomitado.
E as horas vão passando. A janela nos rouba o tempo.
A janela mexe com nossas emoções, a janela nos faz ver apenas o lógico o racional.
A banda segundo Chico Buarque: ficar na janela pra ver a banda passar....do outro lado nós não queremos perder o espiritual, mas o material nos absorve. E as horas vão passando...impercebível...
O anoitecer invadiu o espaço MEIA NOITE hora de partir o pão....
A janela, a queda, a morte......

A queda...a morte...
Janela não é lugar de ficar...
Deus não abre janela...abre portas..
quem esta na janela...
ou abrindo janelas para ficar olhando os dois lados...
Pode ficar ou adormecer..e cair...
por estar na janela olhando os dois lados...
Sempre o outro lado lhe chamará a atenção...
O Dr. Lucas afirmou...Morreu.
caiu do 3 andar....
Mas espera...A providencia chegou só depois...
que : As horas passaram....
A noite invadiu......Silêncio....
Esperar cair da janela é tolice...
abrir janelas em seu interior é crendice...
Não espere o laudo médico dizer...Morto.
Deus providenciou a Luz...
Deus providenciou a Vida...
Mas Deus alerta...
Não fique abrindo janelas.......
Que Deus nos Abençoe!!!

Século XXI


O disparate da tecnociência, o desenvolvimento de ONGs, mistura-se ao clamor de milhões, que incansavelmente grita com choros implacáveis....
·        Alguém se importa com minha alma...Por Favor
·        Tenho sede...Por favor
·        Tenho fome....Por favor
Enquanto nos preocupamos com posições e cargos, o mundo clama,chora e pergunta:
·        Onde estão os escolhidos...
·        Onde estão os preparados, para pregarem, para divulgarem,para ensinarem o CAMINHO, aliás o ÚNICO que leva a Salvação...........
·        A SABER......... JESUS CRISTO.
Prepare-se!!! Chegou a sua hora...chegou o seu tempo...É hoje...Informem-se:
Vamos dar um basta em aparências e viver o verdadeiro evangelhos do nosso Senhor e Salvador Jesus Cristo...A Seara esta madura e poucos são os ceifeiros. Precisa-se urgentemente de obreiros Fiéis a Deus a Sã doutrina e dispostos a pagarem o preço da Cruz.
Evangelho sem cruz, é religião sem Deus.
È preciso urgentemente de retornamos a Leitura da Palavra de Deus, à oração e sobretudo buscar os valores que são de cima. Estudem Teologia.

        Pr. Silvano Doblinski
       Pr. Júlio Maria de Sena